IMPRENSA

JoseC 2018: Confira como foi a rotina dos alunos, desde a última semana

Galeria de Fotos

A segunda turma do JoseC retomou as aulas nesta terça-feira(30), com a disciplina de Fundamentos da Ética cristã , ministrada pelo pastor Gideão Muniz. Já a terceira turma, que está em aula desde o dia 22, estuda nesta semana sobre Evangelismo e Discipulado, e tem como professor o pastor Joel Lopes. No último sábado (27), os alunos também participaram do evangelismo criativo, promovido pelo departamento de Juniores da IBC Bagé. Junto aos adolescentes, os josequianos distribuíram folhetos a motoristas e apresentaram o flash mob sobre o amor de Deus, no ponto de semáforo. No domingo (28), enquanto o restante da terceira turma cooperou no culto no templo da IBC Bagé, dois dos alunos, acompanhados do Evangelista Anderson Quadros, participaram da programação da IBC Hulha Negra-RS (confira a matéria completa clicando aqui http://bit.ly/2nprkKO).  A formatura que conclui a primeira e segunda etapas do JoseC será no próximo domingo (04), no templo da IBC Bagé, e terá a presença do presidente da CBC, pastor Delmir José Ramão Paz, e demais representantes da diretoria da denominação, e também diretoria da OMBC. 
"Por quê o JoseC?"
Os alunos da terceira turma do JoseC, que ingressaram no projeto em 2018, já mostraram a que vieram e o que almejam da parte de Deus para suas vidas.
“Senti no coração ingressar no JoseC para trabalhar melhor para Deus. Minha vinda para cá foi dirigida pelo Senhor e tenho promessas de que serei usado para pregar aos jovens que estão dispersos de Deus”. (Daniel Machado, 21 anos).
“Quero ter experiências com Deus. Há tempos eu queria participar do JoseC, mas precisei adiar meus planos quando ingressei na carreira militar. Neste ano, o período de aulas deu coincidência com minhas férias, e então estou aqui”. (Jeziel Charão, 23 anos).
“Desde pequena, Deus me falou sobre meu chamado para o Louvor e para pregar a Palavra, e para isso o JoseC contribui,  para nosso aperfeiçoamento”. (Lilian Ferraz, 22 anos).
“Eu vi em minha cidade uma necessidade de evangelização. Foi então que Deus falou comigo que o Josec era uma ‘chama’ que Ele havia acendido em meu coração para me levantar e fazer a Obra”. (Raiana Costa, 22 anos)
“Deus tem um chamado para mim, e o JoseC abre as oportunidades”. (Gabriel Rodrigues, 17 anos)
“Quero aprender para ajudar na Obra de Deus”. (Elias Passos, 16 anos)
“Há tempos desejava participar do JoseC e na semana passada cheguei a Bagé apenas para passar um tempo com meu irmão que reside aqui. Quando o  Anderson me viu auxiliando o aluno Lucas Eliel, me liberou para fazer as aulas, embora eu ainda esteja abaixo da idade estipulada para o projeto”. (Pablo Mascheville, 14 anos).
“Desde que o projeto começou, Deus vem falado ao meu coração a respeito disso. Espero que até o final das aulas, o Senhor me mostre qual é o meu chamado. Tenho sido fortalecida durante esse período”. (Mayara Rodrigues, 16 anos).
“Eu queria ter participado do JoseC desde quando surgiu a primeira turma, mas, neste ano ano recebi incentivo do meu pastor, Deus abriu as portas e eu estou aqui”. (Aline Fagundes, 22 anos).
“Escolhi o JoseC pois entendi que fazer missões é muito mais do que ir para longe. É também fazer a Obra onde estivermos e com aquilo que Deus nos dá para fazer”. (Karoline Costa, 16 anos).
“Parecia impossível para eu fazer o JoseC, devido a condições financeiras, mas meu pastor aceitou patrocinar meus estudos. A Igreja precisa incentivar seus jovens para a Obra, porque ‘ovelha gera ovelha’”. (Danieli Botelho, 15 anos).
“Escolhi o JoseC, pois não haveria outro lugar onde eu pudesse estar. Para mim a melhor parte destes dias tem sido a presença do Espírito Santo, nos cultos e até mesmo durante as aulas”. (Atanael Duarte, 22 anos).
“O JoseC é uma experiência que irei levar para o resto da vida. Tenho chamado para a área do louvor e pregação da Palavra, desde os meus 12 anos, e preciso disso para fazer minhas ministrações.  Estou buscando crescimento espiritual e intimidade com Deus”. (Samuel Silveira, 29 anos).

“Escolhi o JoseC, pois sempre quis saber qual é o meu chamado”. (Diogo Padilha, 15 anos).
“Foi durante uma conversa com um amigo que senti vontade de fazer o JoseC”. (Jeizaias, 16 anos)
“Eu não fazia ideia de que um dia estaria no JoseC, pois meu plano era cursar faculdade, mas depois do Congresso de Missões realizado em minha cidade, Cedro, eu orei e pedi direção a Deus. O pastor Gideão Muniz decidiu patrocinar meus estudos e a irmã Noemi me incentivou dizendo que Deus tinha um plano em minha vida. Na minha Igreja todos ficaram muito felizes com meu ingresso no JoseC”. (Natália de Souza, 18 anos)