IMPRENSA

Culto de Santa Ceia da IBC Bagé-RS tem batismo e relato missionário do Nordeste

Galeria de Fotos

Na noite de ontem (08), ocorreu o batismo de cinco novos irmãos no templo da IBC Bagé. A cerimônia de imersão nas águas, presidida pelo pastor Gideão Muniz, foi realizada durante o culto de celebração da Santa Ceia, com louvores ministrados pelo maestro Joab Muniz e Coral, além de outros cantores. O preletor da noite foi o pastor Gesom Noronha (IBC Cedro-CE).
No primeiro momento de sua participação, Noronha apresentou um breve relato sobre o trabalho missionário que ele e sua família desenvolvem na cidade nordestina, há quase dez anos. Por meio de fotos, o pastor mostrou a evolução do trabalho, que hoje conta com um templo sede adequado, e outros dois que funcionam como pontos evangelísticos nas localidades de Sítio Mosquito e Sítio Angico. Para o ministro, além da questão estrutural dos espaços para culto, também existe a preocupação por parte da igreja local em evangelizar pessoas, e o resultado desse esforço é a libertação por Cristo de jovens e adultos dos vícios e possessões malignas. As crianças e adolescentes também são alcançadas pelo trabalho missionário da IBC Cedro, sendo que o primeiro pelotão de Guerreiros de Cristo na Igreja já foi formado, com 20 participantes. A ação social faz parte da estratégia evangelística da Igreja, e no último Natal, os membros arrecadaram cestas básicas que foram distribuídas às famílias carentes da cidade.
“A característica de nosso trabalho é simples, assim como é simples o Evangelho que foi pregado na manjedoura”, enfatizou o pastor.
Noronha ainda apresentou uma meditação da Palavra de Deus, com base no capítulo 03 de Atos dos Apóstolos. Em seu sermão, ele afirmou que a Igreja de Cristo deve oferecer aos necessitados a ajuda espiritual muito mais do que  recursos humanos e transitórios.