IMPRENSA

O que fazer em momentos de crise?

Galeria de Fotos

Por * Filipe Gonçalves

(...) “e não sabemos nós o que faremos; porém nossos olhos estão postos em ti.” (2 Crônicas 20.12)
Geralmente quando um novo ano se inicia, é comum traçarmos planos, objetivos e metas a serem alcançados no decorrer do mesmo. Fazendo uma autoavaliação, percebemos que no afã de alcançar os objetivos, procuramos sempre estar atualizados, buscamos novas estratégias e, muitas vezes, até nos reinventamos para que ao final do ano possamos ter alcançado todos ou alguns dos nossos objetivos.
Mediante isto, percebemos que estamos preparados para crescer, adquirir e avançar. No entanto, muitas vezes não estamos preparados para a hora da crise.
Com certeza nós definimos objetivos para o ano de 2020, porém, mediante a situação atual como estamos? Estamos em paz ou entristecidos em saber que algumas metas não serão alcançadas?
Como agir na hora em que a crise vier?
Em 2 Crônicas 20 lemos que o rei Josafá foi informado de que os filhos de Moabe e os filhos de Amom vinham contra ele para peleja. Segundo o relato bíblico, era uma “grande multidão”.
O rei Josafá temeu, ou seja, a sua humanidade veio à tona, porém, mesmo temendo “Josafá pôs-se a buscar o Senhor e apregoou um jejum em todo o Judá” (2 Cr 20.3).
“Quando sua humanidade transparecer, tome a atitude certa: Vá até a presença do Senhor!”.
O profeta Isaías também nos dá o exemplo de ir a presença do Senhor em tempos difíceis.                (Is 6).  Na presença no Senhor há vitória e segurança! A presença do Senhor é tão maravilhosa que Pedro confessa dizendo: “Para onde iremos nós? Só tu tens as palavras de vida eterna!”
Perante este cenário, o rei Josafá reconheceu sua situação dizendo: (...) “em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que faremos; porém nossos olhos estão postos em ti.” (2 Cr 20.12)
“Na hora da crise, precisamos reconhecer nossa situação e manter nossos olhos fitos em Deus!”
Por fim, em 2 Cr 20.21 lemos que Josafá “ordenou cantores para o Senhor, que louvassem a majestade santa, saindo diante dos armados e dizendo: Louvai o Senhor, porque a sua benignidade dura para sempre.
“Precisamos aprender a louvar a Deus no momento da crise, pois através do nosso louvor, milagres acontecem”.
Diferentemente do que é pregado hoje em dia, os servos de Deus também enfrentam crises e é neste momento que também se deve louvar a Deus. A Bíblia nos apresenta vários relatos de vitórias que foram decorrentes do louvor e da fidelidade a Deus.
Em 2 Cr 20.22 encontramos o grande livramento que Deus concedeu ao rei Josafá e a todo o povo de Judá, livramento este que foi decorrente do louvor.
Por mais difícil que seja sua luta, vá até a presença do Senhor, reconheça sua situação, mantenha seu olhar em Deus, e independentemente do que acontecer, louve e adore o Senhor, que no momento certo Ele lhe dará a vitória.
Amém!

*Membro da IBC Hulha Negra e colaborador do Editorial CBC