IMPRENSA

Orar é optar pelo impossível

Galeria de Fotos

O veículo dado por Deus para que o homem invada a esfera do sobrenatural é a oração. Aquilo que naturalmente é impossível ao homem, Deus faz acessível através da oração. Pela oração respiramos a atmosfera espiritual. O próprio Senhor Jesus ensinou seus discípulos a orar e Ele mesmo orou várias vezes.
O apóstolo Paulo manteve uma vida de oração e por meio dela recebeu inspiração e poder para a obra evangelizadora.
Em todos os movimentos do Espírito Santo neste mundo, houve antes um mover da Igreja no campo da oração.
A oração precede o avivamento espiritual. A oração dinamiza a Igreja e une seus membros. A oração transforma um ambiente estéril em um jardim cheio de vida.
A oração muda o curso da história de nossas vidas, família e é através dela que o Senhor Jesus se torna participante das nossas crises.
O vigor espiritual do ser humano está proporcionalmente ligado ao tempo investido em oração. Não existe poder espiritual somente no ordenar sobre as coisas e situações.
No mundo espiritual existe reconhecimento daqueles que têm autoridade de uma vida derramada no altar de Deus.
A Igreja vem perdendo seu vigor por ter abandonado a oração. O Pentecostes em Atos foi precedido por oração. Avivamentos ao longo da história da Igreja chegaram depois de vidas terem sido derramadas no altar através da oração.
Percebo que muitas igrejas perderam seu tônus vital porque os sermões ali pregados são sermões mortos. O escritor Edward McKendree Bounds, em seu extraordinário livro Poder Através da Oração, disse: "Homens mortos tiram de si sermões mortos e sermões mortos, matam.”
O mais difícil na pregação não é o preparo do sermão, mas o preparo do pregador. Livros não substituem o poder do Espírito Santo. Oratória não leva Deus para o sermão, mas Deus se faz presente em um sermão através da oração.
Quando Elias, após três anos e meio de ausência, se apresentou a Israel, ele viu os resultados de sua oração feita anteriormente: seca, mortes, um país arrasado e um rei inseguro. Agora, novamente Elias ora. Permanece em oração até que uma nuvem, em forma de uma mão, se apresenta nos céus. Era a certeza de que a chuva viria. Que oremos até que a pequena nuvem se forme, e depois venha o poder de Deus sobre sua Igreja. Antes das decisões, ore. Ore por sua mulher, marido, filhos. Ore em qualquer situação. Se você espera pela interferência do Senhor em sua vida, clame por ela; suplique.
No sermão do monte há um texto onde o Senhor Jesus, nos incentivando a orar, diz: "Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente".
O Senhor Jesus está nos dizendo que a oração é um encontro com alguém que está nos esperando. Deus está à nossa espera, aguardando nossa entrada em sua presença. Daí concluímos que A ORAÇÃO É UMA OPÇÃO PELO IMPOSSÍVEL.

Texto: Luiz Fernando R. de Souza (Ministério Força para Viver)
Adaptação: Portal Batista